OUÇA – Björk e Antony Hegarty


FREE PUSSY RIOT!
por Pedro Zanotto (@pedrozanot)

Eu já trouxe algumas vezes a Björk e o Antony Hegarty ao OUÇA, mas depois de Flétta, me senti na obrigação de trazer outras músicas incríveis desse dueto. Se você espera algo com refrões chiclé, batidas “do momento” e vocoder, não vai encontrar aqui. Do mesmo modo que no post sobre Fado, preciso que o leitor se entregue a uma sonoridade diferente, livre de preconceitos – PRÉ-conceitos! – para absorver melhor a intenção que cada música propõe.
TRANÇA
“Flétta” (“trança”, em islandês) parece ter sido gravada juntamente com as faixas do álbum Volta, de 2007, da Björk, mas acabou não sendo lançado nele porque não se encaixava em sua proposta, sendo lançado, assim, no álbum de Antony, Swanlights. As imagens desse clipe não-oficial parecem ser sobre caça de baleias, o que adiciona uma poesia ímpar ao vídeo.

EU AMO TEUS OLHOS
Já do album Volta, “Dull Flame of Desire” e “My Juvenile”. Comprei, em uma lojinha em Camden Town, a versão especial do Volta em Dolby Digital. As músicas viram uma emulsão aos ouvidos e o álbum é, conforme a própria Björk declarou, um “techno voodoo”. O vídeo de “Dull Flame of Desire” foi montado a partir de vídeos filmados em fundo verde (chroma key), que foram enviados a 3 diretores diferentes (Christoph Jantos, de Berlim, Masahiro Mogari, de Tóquio e Marçal Cuberta Juncà, de Girona) e a eles coube a edição. O resultado, claramente dividido em 3 partes, é esse:

Tem uma versão ao vivo na Langholstkirkja (lê-se lang roLst quírquia), uma deslumbrante catedral de Reykjavík (lê-se Reiquiavique), capital da Islândia, filmada junto com o conteúdo do pacote Voltaïc, que traz shows do CD Volta, mas não incluída nele. Reparem no tamanho órgão, atrás do altar.

AS INTENÇÕES FORAM PURAS…
“My Juvenile” vem como última faixa do Volta, com um solo de cordas e a voz de Björk e Anthony. Nessa música dá pra perceber como a voz da cantora é intensa e vai desde os graves do “refrão” até os gritos do fim da música. Sem falar da letra: “you are my biggest love…”

Espero que eu tenha trazido um pouco do que me toca na voz desses dois artistas. Bom fim de semana! Muahs!

Brennið þið Vitar (algo como “queimem as lamparinas”, em islandês), provavelmente parte da cultura viking islandesa, foi a música que abriu os shows da turnê Volta.

Comments
One Response to “OUÇA – Björk e Antony Hegarty”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] target=”_blank”>Santo Forte</a>, <a title=”Björl” href=”https://jefuckingadore.wordpress.com/2012/08/23/ouca-bjork-e-antony-hegarty/&#8221; target=”_blank”>Björk</a> e coisa e tal, tá mais do que na hora de […]



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Artigos & páginas mais populares

%d bloggers like this: