OUÇA: Hercules & Love Affair

por Pedro Zanotto (@pedrozanot)

Eu já conhecia “Blind”, um dos primeiros singles do Hercules & Love Affair, porque vi em algum canal aleatório de videoclipes. Logo me apaixonei pelo remix do Frankie Knuckles – e depois descobri, no livro Babado Forte da Erika Palomino, que ele foi um dos caras que ergueu os fundamentos do que hoje se conhece como House Music, durante a residência no clube que deu nome ao ritmo, o Warehouse, na Nova Iorque do fim dos anos 1970. Me aprofundei no Hercules & Love Affair quando vi uma entrevista em que o modelo – et andrógino – Andrej Pejic afirmou ser fã da banda.
O projeto é formado pelo DJ Andy Butler, Mark Pistel, Aerea Negrot, Kim Ann Foxman, Nellyphant e Shaun Wright e já contou com artistas como Antony Hegarty – que já trabalhou no álbum Volta, de Björk, nas músicas “Dull Flame of Desire” e “My Juvenile” – e Kele Okereke – vale a pena ouvir “Tenderoni”.
O primeiro álbum, que leva o mesmo nome da banda, mais parece um revival da flash house dos anos 90, com elementos da Disco Music misturados a uma batida eletrônica mais contemporânea. Pra baixar AGORA, Hercules’ Theme, You Belong, Athene, Blind, Raise Me Up e True False/ Fake Real.
Amo essa versão de Athene, gravada num terraço em Nova Iorque:

O segundo álbum, Blue Songs, traz uma atmosfera mais tranquila, sem ficar muito parado. A versão de 2 CDs, vendida nos Estados Unidos, vem com 3 faixas: Revenge, Chanel 2 e Shelter; são tão boas que é uma pena terem ficado de fora da versão normal. Cata JÁ: My House, Leonora, Falling e STEP UP, que é minha favorita de todas – essa tem a participação do ma-ra-vi-lho-so Kele Okereke.
Dos shows da banda, os melhores são o ao vivo no KOKO Club – os saxofones e trompetes estão impecavelmente deliciosos nesse concerto, que eu achei no site “slider.kz” – e na Geburtstagsfest 2011 – ouça a versão novíssima de Blind logo abaixo, aos 49:30.

Eles também já remixaram algumas faixas, como Bad Romance, da Lady Gaga, A&E, do Goldfrapp, Trickle Down (OUVE JÁ!), do Processory e Far Away, do Cut Copy.

Outras faixas, como Classique #2 e Roar, são mais progressivas, mas pra quem gosta – eu! – é uma delicinha! Detalhe para as capas e a tipografia, com o V latino (HERCVLES) e uma temática meio Grécia Antiga meets Helvetica > pura confvsão.

E para a leitora que é gata, esotérica e gosta de cartas, búzios e tarô, uma pitada de Walter Mercado! (lembra do “ligue djá”? kkk) E agora estou hospedado confortavelmente no Mixcloud, me ouve lá! Eu e o finíssimo do Lucas – agora fotógrafo do ModaPOA.com.br, parabéns! – vamos ativar players em todos os posts do OUÇA em breve!

✖✖✖✖✖✖✖✖✖✖PLAY AQUI✖✖✖✖✖✖✖✖✖✖!

Besitos!

Comments
3 Responses to “OUÇA: Hercules & Love Affair”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] já trouxe algumas vezes a Björk e o Antony Hegarty ao OUÇA, mas depois de Flétta, me senti na obrigação de trazer outras músicas incríveis desse […]

  2. […] target=”_blank”>Fado</a>, <a title=”Hercules” href=”https://jefuckingadore.wordpress.com/2012/08/10/ouca-hercules-love-affair/&#8221; target=”_blank”>Hercules</a>, <a title=”Santo Forte” […]

  3. […] OUÇA: Hercules & Love Affair. Gostou? Compartilhe!TwitterFacebookGostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. […]



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Artigos & páginas mais populares

%d bloggers like this: